Alienum phaedrum torquatos nec eu, vis detraxit periculis ex, nihil expetendis in mei. Mei an pericula euripidis, hinc partem.
 

Sobre Nós

Praticatatum / Sobre Nós

Sobre Nós

PRATICATATUM é uma tentativa de expressar através das sílabas, o som de alguns instrumentos de percussão como: bumbos, surdos, caixas e pratos. (Pra) é a tradução do som da apogiatura na caixa, (ti) um leve toque no prato, (ca) um toque simples na caixa, (ta) outro toque simples mais forte na caixa, e (tum) uma batida no bumbo ou surdo. O curso de percussão embrionário da idéia, surgiu na Liga Solidária – no complexo educacional (Educandário Dom Duarte). Era uma atividade que contemplava lazer e cultura para meninos e meninas de baixa renda, logo surgiu uma banda. Em 2008 nasceu o projeto Praticatatum que ampliou a área musical, e em 2012 o projeto se transformou na Associação Praticatatum que a partir da música busca possibilitar o exercício de uma real cidadania.  Hoje a banda é formada por trinta jovens estudantes com idade entre quatorze e vinte e um anos residentes no distrito Raposo Tavares, Jardim Educandário, região oeste de São Paulo, praticam: percussão, teclado e piano, flauta-doce, xilofone, violão, guitarra, contrabaixo elétrico e acústico, Disc Jockey (D.J.), trumpete, bombardino, saxofones, trombone, violino, violoncello e viola. Estudam na Praticatatum cerca de 300 crianças, adolescentes e jovens adultos. Estudam no Praticatatum  cerca de 870  crianças, adolecentes e jovens adultos, divididos em 3 entidades : Liga Solidária, Nosso Lar e Fundação Julita.

A  Associação já atendeu mais de 6500 estudantes e realizou  inumeras apresentações ao longo da sua trajetóriaSão bolsas de estudo em outras instituições ou professores e as informações musicais vão da música popular à de concerto. Os participantes contactam referências não somente dentro das salas de aula, mas também frequentando shows, concertos, exposições e feiras especializadas. Para além da música, o Praticatatum é um modo pelo qual desejamos refletir sobre as coisas e interagirmos na direção de melhorarmos tudo aquilo que nos cerca.